Era pra ser um, mas foram 2

Neil Gaiman tem a idade do meu pai e com seus 50 anos, inclusive completados no dia 10 deste mês, já escreveu histórias que ficarão marcadas por toda eternidade. A principal, ou pelo menos a mais conhecida, é a série de quadrinhos Sandman, que conta sobre Morpheus, uma personificação do sonho. Daí já se tira uma ideia do estilo do escritor, que descreve muito bem o mundo imaginário, fantasioso, mágico, aventureiro…
Entre outros, criou Coraline e Stardust, que já tiveram adaptações para o cinema.

Em 2008 a Conrad lançou aqui no Brasil o Coisas Frágeis, contendo 9 contos que abordam variados temas como ficção científica, terror, conto juvenil, fantasia, mitologia…

Daí agora em 2010 a mesma editora lançou o Coisas Frágeis 2 (¬¬) que contém 22 contos que abordam a mesma linha temática.

Mas porque o (¬¬)? É que na verdade a Conrad dividiu o livro em duas partes, lá fora os 31 contos fizeram parte de um único livro, o Fragile Things.

Mas o que importa é que li o primeiro livro e amei! Mergulhei em histórias fantásticas, imaginativas, marcantes e mesmo tendo lido esta crítica negativa da segunda parte, o lerei sem pestanejar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s