Lembram do Amar é…?

É interessante como as coisas chegam na nossa vida, fazem parte e depois se vão. Foi assim com os cartõezinhos da coleção Amar é… Lembro que quando criança, ou na tal pré-adolescência, colecionava aqueles que chegavam até mim e agora não consigo me lembrar de que maneira eles chegavam.

E olha que legal, depois de muitos anos (no mínimo uns 10), me deparo com o casalzinho novamente! Diferentes, em preto e branco, mas com os mesmos sentimentos embutidos.

E graças a serendipidade e aos hiperlinks, hoje eu descobri a história por trás dos cards.

A criadora foi Kin Casali, que resolveu desenhá-los e escreve-los para homenagear seu amado marido Roberto, sendo lançado em 1970.

Tristemente a história dos dois não foi tão longa, Roberto faleceu em 1976.  Kin ficou durante anos sem o marido, falecendo em 1997.

Mas e então, como ainda surgem os carinhosos cartões? O responsável por dar continuidade ao belo trabalho é Bill Asprey, que desde 1975 ficou encarregado de criá-los.

Para ver mais centenas deles, acesse esse site e inspire-se!

Anúncios

4 pensamentos sobre “Lembram do Amar é…?

  1. Serendipidade – s. f.
    1. Aptidão para descobrir coisas agradáveis por acaso.
    2. Coisa descoberta por acaso.

    Coisa linda em plena segunda-feira… vou perder horas no site, hihi

    Beijos, Infúteis! :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s