Imaginação e aventura em Graphic Novel on line

Férias. Essa palavra nos soa tão bem, não é mesmo? Indiferente de quanto o tempo passe, sempre esperaremos por esses dias de descanso, mas nem sempre esse descanso é corporal, pois normalmente tentamos aproveitar cada segundo fazendo coisas que as obrigações diárias não nos permitem.

Jonas é um garoto que terminou a 8ª série e após seu último dia de aula, é levado pelo seu pai para passar as 06 semanas de férias na casa de campo de sua avó.

A ansiedade toma conta de seu ser, pois sabe que ali vai viver muitas aventuras.

Essa estória faz parte de uma Graphic Novel on line, chamada The Wormworld Saga. Daniel Lieske é o artista responsável por criar traços interessantes, com uso de cores e sombras que dão um toque cinematográfico aos desenhos. Ele foge um pouco da ideia dos quadradinhos padronizados e cria uma dinâmica diferente na montagem da história, mesclando imagens “soltas” com imagens dentro dos tais quadradinhos. Bem legal e visualmente agradável.

Olha que bacana de onde vem a inspiração de Daniel:

“A minha principal inspiração vem de filmes dos anos 80 como “A História Sem Fim”, “Os Goonies”, “Indiana Jones” e dos Animes do Studio Ghibli, “Spirited Away “,” Howl’s Moving Castle “. Tento dar ao meu trabalho um clima cinematográfico através da iluminação dramática e encenação.”

Para quem gosta de uma leitura leve, despreocupada e repleta de aventuras fantasiosas, vale a leitura!

O primeiro capítulo (já com versão em português) você já pode ler aqui.

Mais uma banda nova que parece velha

Minks. Mais uma banda nova que faz despretensiosamente (ou não) um som que nos parece ser lá dos meados dos anos 80.

Eles (Sean Kilfoyle e Amalie Bruun), são do Brooklyn e estreiam o álbum “By the Hedge”, com vocais reverberados, uma aparente falta de orçamento para caprichar nas gravações (como era nos anos 80) e por aí vai, mas que no final das contas fizeram um pop que segue a tendência atual de criar coisas aparentemente velhas.

Algumas músicas estão disponíveis no Myspace deles e aqui coloco o vídeo de “Funeral Song”.

Mesmo com esta intenção de se parecer velho, eu curti!