Primeira exposição individual Bruno Barnabé

1

 

O corpo feminino, questionamentos religiosos e biopolítica são alguns dos temas da primeira exposição individual do artista paulistano Bruno Barnabé, no Espaço Walden, em São Paulo. A abertura acontece no próximo dia 17, a partir das 19h.

Influências do surrealismo e simbolismo em obras que são construídas a partir da mistura de novas tecnologias, como computação e projeção, com técnicas tradicionais tais como collage, monotipia, linogravura e pintura. Serão ao todo 16 imagens em exposição.

No dia 20 de julho, sábado, o artista irá ministrar oficina na qual compartilhará os processos que utiliza para construção de suas imagens. O horário da oficina será das 14h às 18. Com vagas limitadas.

Sobre Bruno Barnabé              

Bruno Barnabé é artista plástico e tecnólogo em design de multimídia, pelo Centro Universitário SENAC. Seu interesse pelas artes plásticas começou com a arte de rua em sua cidade natal, Indaiatuba. Estudou gravura e desenho na Central Saint Martins e London College of Communication nos anos de 2008 e 2009, quando morou em Londres. De volta ao Brasil, estudou com o poeta, ensaísta e artista plástico Sérgio Lima, um dos maiores pesquisadores do Surrealismo no Brasil. Nos últimos anos vem desenvolvendo trabalhos que mixam tecnologias digitais e analógicas para construir imagens. Atualmente divide o seu tempo entre o trabalho autoral, que envolve pesquisa na área de pintura, collage e gravura, e os trabalhos de cenografia, design e ilustração.

Sobre o Espaço Walden

O espaço, idealizado por Cesar Zanin e Mariana Cetra, funciona desde abril de 2012,  fomentando a produção cultural e incentivando a criação artística através da organização e da execução de projetos independentes ligados a música, literatura, cinema, artes plásticas, teatro, fotografia, jornalismo, cultura digital, línguas e viagens. Trata-se de um abrigo cultural, onde pessoas interessadas em cultura divertem-se e trocam conhecimento. Esse abrigo celebra a diversidade, o humanismo, a cultura-pop, a independência; incentiva os pontos de vista e iniciativas que demonstrem modos de vida simples, olhares sobre o conceito de liberdade, que mostrem que é possível ser feliz vivendo de forma diferente

2

Serviço:

1ª exposição individual Bruno Barnabé
Lançamento 17 de julho de 2013, quarta-feira, a partir das 19h
Exposição: 18 a 31 de julho de 2013

Horário: quartas, quintas e domingos da 19h à meia-noite; Sextas e sábados das 19h à 1h.
Local: Espaço Cultural Walden
Praça da República, 119 – Centro | São Paulo – SP
Tel.: (11) 3159-2861

Workshop de técnicas experimentais de composição para construção de imagens
Data:
dia 20 de julho, das 14h às 18h.
Local:
Espaço Cultural Walden (Praça da República, 119 – Centro | São Paulo – SP)
Inscrições no e-mail: esp.cult.walden@gmail.com (vagas limitadas)
Valor: R$ 15 

 

Vamos? ;)

Anúncios

Exposição de Hentai no MuBE

O B.Coolt sempre lança umas dicas legais e uma que achei bem bacana e quis compartilhar aqui com vocês, é a Exposição  Hentai do artista plástico Felipe Yung, mais conhecido como Flip.

Sei que tem gente que detesta Hentai por vários motivos, mas também sei que tem milhares de pessoas que são vidradas neste tipo de pornografia japonesa :)

Então de você é um dos que gostam, é maior de 16 anos e mora em São Paulo, vá ao MuBE até o dia 04 de março e prestigie as obras do artista. Ele foi muito cuidado com esse trabalho, realizando muitas pesquisas para poder expor a atmosfera sexual asiática.

Só pra vocês terem uma ideia, olhem só um dos trabalhos dele:

O quê? Exposição Hentai por Felipe Yung, o Flip
Onde? MuBE
Quando? De 08/02 a 04/03, de terça a domingo
Que horas? Das 10h às 19 h
Mais Informações: (11) 2594-2601 / mube.art.br

Trilogia Vermelha – China

Dai, até o dia 03 de Julho de 2011 você pode ir até a Pinacoteca de São Paulo e ver fotos dos publicitários Mauricio Nahas, Ricardo Barcellos e Paulo Mancini na mostra Trilogia Vermelha – China.

Trilogia porque o projeto todo conta também com “Era uma vez em Havana”, de 2005 e “Cosmos – Três Olhares sobre a Rússia”, de 2007.

A mostra, com 65 fotografias, traz a cultura chinesa, hábitos, costumes, curiosidades, a parte nobre, a parte moderna, a medieval… tem foto de chinês albino, casamento coletivo, comunismo, globalização, enfim, vai lá. É ótimo!

Além da exposição mostra, essas fotos também foram para o livro ‘China’ da editora DBA, com textos de Diógenes Moura, organizador da exposição.

Se julgar que não vale a pena pela China, vale a pena então pra ver alguma coisa pelos olhos destes fotógrafos. Barcellos e Mancini já ganharam 2 leões de prata em Cannes por fotografia cada um. É pouco? Tá bom! O Nahas já ganhou o Conrado Wessel de fotografia. Não sabe o que é? Google, meu bem!

Exposição de rótulos de pinga

Por volta de 400 rótulos de pinga da coleção particular do curador Egeu Laus e do acervo da Fundação Joaquim Nabuco podem ser conferidos no Instituto Tomie Ohtake até o dia 10 de Abril. A mostra, batizada de “Carinhosamente Engarrafada: Rótulos de Pinga”, é voltada para o design gráfico. 

A curadoria aponta que, independente da classes social, os rótulos descrevem a sociedade brasileira, com desenhos como mulheres mulatas e fazendas de cana.

A exposição faz parte do projeto Anônimos e Artistas, que busca descobrir a origem do design gráfico no país por meio de produtos simples consumidos pela popualção.

Informações:

Carinhosamente Engarrafada: Rótulos de Pinga

Quando: terça a domingo, das 11h às 20h. Até 10 de abril
Onde: Instituto Tomie Ohtake – av. Faria Lima, 201, Pinheiros. São Paulo (SP)
Quanto: grátis
Informações: (0xx11) 2245-1900 ou http://www.institutotomieohtake.org.br

Sangue no MUBE

O artista plástico italiano Lucio Salvatore expõe seus trabalhos à partir de amanhã, 02.03.2011, no MUBE – Museu Brasileiro de Escultura, até o dia 20.03.2011.

Ah, beleza, mais que expôe no MUBE e.… Os trabalhos do cara são feitos de sangue! Hein? Sim, saaaaangue!

A ousada exposição, com uma técnica denominada ‘sangue sobre acrílico’, retrata 12 obras de diferentes personalidades, com sangue doadas pelas mesmas.

O projeto vem com uma ótima proposta, a de doar sangue em nome da arte. O próprio Lucio Salvatore escreve em seu blog um pouco sobre a obra. Eu adorei!

Exposição “Um Cartaz para São Paulo”

São Paulo comemorou 457 anos no dia 25 de janeiro do mês anterior e desde esta data o Senac e o Centro Cultural Maria Antônia, realizam uma homenagem a cidade com a 4º edição da mostra “Um Cartaz para São Paulo”, onde vários artistas expressam suas percepções e visões da grande metrópole.

É muito bacana o que se vê num espaço de 60 x 90 cm.

+ Informações

Tema: “A Cidade e sua Memória”
De 26/1 a 27/2
De segunda a sexta, das 12h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Centro Universitário Maria Antonia da USP – Edifício Joaquim Nabuco
Rua Maria Antonia, 258 – Vila Buarque – São Paulo – SP
Grátis!