Fotos retratam um mundo silencioso

O inglês Michael Kenna  escolhe a cor, o ângulo. Olha e enxerga um silêncio talvez inexistente, mas presente em suas belas fotografias.

Os 100 melhores de arte urbana 2011

Arte Urbana <3

Essa coisa linda que os talentosos criativos fazem e a gente tanto admira. Tá bom, street art para os modernês :)

Nem vem falar que é vandalismo.  Vandalismo é o que você faz com você mesmo por ter cabeça fechada, rs… Arte urbana também não é só  graffiti. Essa modalidade compreende pinturas, estátuas vivas, músicos, malabaristas, palhaços, teatros e qualquer outra manifestação artística pública.

Dai, um site chamado Street Arte Utopia fez um compilado das 100 melhores pinturas e em intervenções urbanas de 2011 e o Infutilidades é tão legal que trouxe tudo pra cá. Enjoy! (Ali no link tem mais pinturas todas e as especificações dos artistas, é só clicar!)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ai gente, já vi isso na interwebs. Tá bom, amiguê! Superando as suas expectativas então, com a ajuda do blog Araka, o Infutilidades traz também os 100 melhores vídeos de intervenções urbanas de 2011, há! (o mesmo, clica no link que tem tudo)

Clica aqui e assiste porque são muitos! :)

Deliciem-se visualmente e boa semana, galera!

Site cria efeito retrô nas suas fotos

Quem não tem cão, caça com gato, ou quem não tem iPhone/iPad/iPod e conseqüentemente não usa Instagr.am, faz gracinhas fotográficas com o Pixlr-O-Matic.

É um site rapidinho, levinho, maneirinho, com dezenas de filtros vintages e que possibilita enfeitar fotos que estão arquivadas no seu computador ou fotos tiradas ali na hora, da sua webcam mesmo :-)

Veja que bacana ficou essas que testei aqui:

Entrada da Galeria do Rock – São Paulo/SP

Baiana do acarajé – Salvador/BA

Tire onda você também, he he he =D

Posters in Amsterdam

Pôsters de Amsterdam. Preciso falar mais alguma coisa?

Clica: http://www.postersinamsterdam.com/

Trilogia Vermelha – China

Dai, até o dia 03 de Julho de 2011 você pode ir até a Pinacoteca de São Paulo e ver fotos dos publicitários Mauricio Nahas, Ricardo Barcellos e Paulo Mancini na mostra Trilogia Vermelha – China.

Trilogia porque o projeto todo conta também com “Era uma vez em Havana”, de 2005 e “Cosmos – Três Olhares sobre a Rússia”, de 2007.

A mostra, com 65 fotografias, traz a cultura chinesa, hábitos, costumes, curiosidades, a parte nobre, a parte moderna, a medieval… tem foto de chinês albino, casamento coletivo, comunismo, globalização, enfim, vai lá. É ótimo!

Além da exposição mostra, essas fotos também foram para o livro ‘China’ da editora DBA, com textos de Diógenes Moura, organizador da exposição.

Se julgar que não vale a pena pela China, vale a pena então pra ver alguma coisa pelos olhos destes fotógrafos. Barcellos e Mancini já ganharam 2 leões de prata em Cannes por fotografia cada um. É pouco? Tá bom! O Nahas já ganhou o Conrado Wessel de fotografia. Não sabe o que é? Google, meu bem!

Fotografia: arte ou ofício?

O que você faria se estivesse no lugar errado, na hora errada? Ou ao contrário, no lugar certo, na hora certa? Será que um fotógrafo deve, friamente, registrar um momento, seja ele qual for? Ou a sensibilidade e as emoções devem falar mais alto? A indiferença é cruel? Um profissional, no exercício do seu ofício, está suscetível a sensações? Deve-se deixar levar pelo sofrimento? Pela alegria? A fotografia tem aura? O fotógrafo é um artista? Um artista se desnuda em nome da arte? O que é arte? Fotografia: arte ou ofício? É anti-ético registrar o assassinato de um inocente em nome da arte? E em nome do ofício?A arte transcende questões éticas? A imagem da morte é artística? A morte, em nome da arte, é poética? A fruição estética da morte é válida?

Essas são algumas das reflexões possíveis de se fazer ao assistir o curta-metragem “A Fotógrafa”. Um filme forte, trágico e muito incômodo que bombardeia os olhos e o coração, fazendo pensar até que ponto vale a pena ser premiado se a vida for execrada em nome de um feito profissional. Então, o prêmio ou a consciência? Alguém se habilita?

Clique na imagem para assistir o curta:

Colaboração de Kátia Letícia.

O que eu desejo para este final de semana

Quero desejar um final de semana leve, cheio de sorrisos, ingenuidade, pureza e de preferência com muito sol, mar e areia nos pés descalços!

Dica daqui.

Mais fotos aqui.

O futuro da arte?



Alexa Meade, artista de apenas 23 anos, desenvolveu uma técnica diferente de utilizar tinta acrílica sobre as superfícies tridimensionais de objetos e modelos-vivo.
O seu trabalho tem sido alvo de atenção pelo mundo fora e não é caso para menos, pois chama a atenção de qualquer pessoa. Em sua técnica, ela consegue transformar o espaço tridimensional e comprimi-lo num plano a duas dimensões. É uma fusão de instalação, pintura e fotografia e os resultados não poderiam ser mais impressionantes…

Quando olhamos pela primeira vez, não percebemos, parecem quadros expressionistas bem pintados. Mas olhe com mais atenção, especialmente para os olhos: é praticamente a única coisa no ser humano que não pode ser camuflada.

Cada vez mais vejo intervenções artísticas criativas.

Seria esse o futuro da arte?

Fotografia divertida e criativa

Jason Lee é um fotógrafo de casamento por profissão, e sendo assim, ele costuma capturar alguns dos momentos mais importantes na vida de um casal. Porém, quando a paternidade surgiu, veio junto a necessidade de eternizar alguns momentos de suas filhas.

Amante da fotografia e fã de longa data de fotos no Flickr, Jason achou que a verdadeira magia acontecia quando ele tirava fotos de suas pequenas.

Eu acho que as fotos dele nos inspira a ver as pequenas coisas do dia de uma forma muita mais criativa e divertida… e melhor, que ficarão registradas para sempre.

E as filhas lindinhas dele ajudam muito pra fazer um trabalho tão fofo, né?


Aqui tem o Flickr recheado de fotos cute do Jason Lee.