Takashi Miike – Cinema Japonês

Konishua! – Oi!

Venho aqui convidá-los para irem ao CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil – SP, de 17/08 a 28/08 ver uma mostra sensacionalíssima dos 20 anos do diretor Takashi Miike, meu queridinho do cinema japorongo!

Quem? Taka… who? Ai Audrey, não é só porque o cara enxerga em widescreen que ele pode se meter a ser diretor de cinema. Quem é esse cara??

Tá, eu sei que as publicações falando de cinema japonês aqui no Brasil são poucas e dificilmente são boas, com isso pouca gente se interessa por cinema japonês mesmo, mas antes de falar que qualquer coisa gravada por lá é porcaria, só fala da Yakuza e tal, informo que sim, o Sr. de olhos puxados citado acima faz filmes violentos/sanguinolentos falando da Yakuza mas não só isso. O cara é tão bom que Quentin Tarantino é fã declarado deste diretor e que eles até já gravaram um filme em parceria, o ‘Sukiyaki Western Django‘ – em 2007 – que eu tenho a honra de mostrar pra vocês aqui ó:

(um beijo, Hideaki Ito!)

Idolatrias nipônicas à parte, repito que o cara é bom! Ele começou igual a qualquer cineastra de faculdade, gravando curtas de baixo custo pra concursos, passou a gravar longas que iam direto pra homevideo, passou pra produções em 35mm e hoje conta com mais de 80 filmes de boa qualidade e até prêmio em festivais de cinema internacional.

Hein? 80 filmes em 20 anos? Sim! Frenético. Violento. Provocativo. Exuberante. Ou como o pouco de inglês que ele diz “unrelenting”.

Bom, é a primeira vez que uma instituição brasileira faz mostra do Takashi Miike e por isso teremos programação especial, eba!

Dia 27/08 no cinema 3D do Shopping Santa Cruz será exibido o drama ‘Ichimei‘, inédito no Brasil mas que passou em Cannes, e após o filme haverá um debate com platéia, Davi Pretto e Jéssica Preuss (os curadores da mostra) e… tan dan dan daaaannnn (isso era pra ser uma música de filme suspense) o ilustríssimo Sr. Takashi Miike (calma gente, é via Skype, o cara não vai vir aqui, vocês não vão poder tocar no Takashi Miike garotas, parem de gritar, aaaahhhh!!!)

Bom, vejo vocês lá e pra quem não for… não sei! Vai assistir… A Fazenda, hihihhi

Ah, a programação da mostra!!

Para o CCBB São Paulo – Rua Álvares Penteado, n° 112, a programação é:

– 17/08 | quarta

15h | Happiness of the Katakuris – 113min
17h30 | Nostalgia –  94min
19h30 | Audition – 115min

– 18/08 | quinta

15h | Izo – 128min
17h30 | Fudô –  98min
19h30 | Bird People in China – 118min

– 19/08 | sexta

15h | City of Lost Souls – 103min
17h30 | Imprint –  63min
19h30 | Ichi The Killer –  129min

– 20/08 | sábado

13h | Nostalgia – 94min
15h | Happiness of the Katakuris –  113min
17h30 | 13 assassins – 120min
20h | Big Bang Love – 85min

– 21/08 | domingo

13h | Fudô –  98min
15h | Bird People in China –  118min
17h30 | City of Lost Souls –  103min
19h30 | Imprint – 63min

– 24/08 | quarta

15h | Great Yokai War – 124min
17h30 | Shinjuku Triad Society – 100min
19h30 |  Ichi The Killer – 129min

– 25/08 | quinta

14h30 | Agitator – 150min
17h30 | Rainy Dog – 95min
19h30 |  Dead or Alive – 105min

– 26/08 | sexta

15h | Shangri-la – 105min
17h30 | Ley Lines – 105min
19h30 |  Sukiyaki Western Django – 120min

– 27/08 | sábado

12h30 | Izo – 128min
15h | 13 assassins – 120min
17h30 | Sukiyaki Western Django – 120min
20h | Ichimei + debate skype @ Cinemark

– 28/08 | domingo

17h | Audition – 115min
19h30 | Big Bang Love – 85min

Depois de SP, a mostra seguirá para o Rio de Janeiro, de 30/08 a 11/09.

Saiônará (^.^)

Anúncios

Mostra Hitchcock em SP

Quando fala do cineasta inglês Alfred Hitchcock (1899-1980) já vem a cena de Psicose na sua cabeça, não é?

 

Pois beeeem, São Paulo – nossa terra querida que tudo tem – nos traz uma mostra da vida e principalmente da filmografia do mestre do suspense!

De 15/06 até 24/07, no Centro Cultural Banco do Brasil, serão exibidos 54 longas-metragens, 3 curtas e 127 episódios da série de TV (que Hitchcock dirigiu entre 1950 e 1960).

Arndt Roskens, o curador da mostra, diz que é a maior e a mais completa retrospectiva já dedicada à Hitchcock no Brasil. Sinceramente, eu não fui pesquisar. Mas acredito que seja sim. Somente algumas filmagens do início da sua carreira, lá de 1925, 1926 é que se perderam e ficaram de fora da mostra.

O trabalho mais antigo em exibição na mostra é “Sempre Conte a sua Esposa”, um curta de 9 minutinhos, de 1923. Já do cinema mudo, a mostra apresenta raridades como “O Inquilino” de 1926 – considerado o 1° grande sucesso de Hitchcock – e “O Aviso” de 1927.

 

Aqui, uma ilustração que eu peguei da Folhapress

Mais de 1 mês de mostra então dá tempo pra se programar e ir em vários dias pra sofrer de suspense, rs… Nada de desculpas, tá?!

Get your popcorn and enjoy, fellas!

Trilogia Vermelha – China

Dai, até o dia 03 de Julho de 2011 você pode ir até a Pinacoteca de São Paulo e ver fotos dos publicitários Mauricio Nahas, Ricardo Barcellos e Paulo Mancini na mostra Trilogia Vermelha – China.

Trilogia porque o projeto todo conta também com “Era uma vez em Havana”, de 2005 e “Cosmos – Três Olhares sobre a Rússia”, de 2007.

A mostra, com 65 fotografias, traz a cultura chinesa, hábitos, costumes, curiosidades, a parte nobre, a parte moderna, a medieval… tem foto de chinês albino, casamento coletivo, comunismo, globalização, enfim, vai lá. É ótimo!

Além da exposição mostra, essas fotos também foram para o livro ‘China’ da editora DBA, com textos de Diógenes Moura, organizador da exposição.

Se julgar que não vale a pena pela China, vale a pena então pra ver alguma coisa pelos olhos destes fotógrafos. Barcellos e Mancini já ganharam 2 leões de prata em Cannes por fotografia cada um. É pouco? Tá bom! O Nahas já ganhou o Conrado Wessel de fotografia. Não sabe o que é? Google, meu bem!

Exposição “Um Cartaz para São Paulo”

São Paulo comemorou 457 anos no dia 25 de janeiro do mês anterior e desde esta data o Senac e o Centro Cultural Maria Antônia, realizam uma homenagem a cidade com a 4º edição da mostra “Um Cartaz para São Paulo”, onde vários artistas expressam suas percepções e visões da grande metrópole.

É muito bacana o que se vê num espaço de 60 x 90 cm.

+ Informações

Tema: “A Cidade e sua Memória”
De 26/1 a 27/2
De segunda a sexta, das 12h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Centro Universitário Maria Antonia da USP – Edifício Joaquim Nabuco
Rua Maria Antonia, 258 – Vila Buarque – São Paulo – SP
Grátis!