Trailer: Oz, Mágico e Poderoso

 

No post passado elencamos “Oz, Mágico e Poderoso” um de nossos filmes mais aguardados pra 2013.

O filme traz uma releitura do clássico infantil, onde um “não exemplar” mágico de circo é expulso de sua terra natal e acaba indo para a mágica Terra de Oz, onde ele pretende encontrar fama e fortuna. Como é a Disney, três feiticeiras – Theodora (Mila Kunis), Evanora (Rachel Weisz) e Glinda (Michelle Williams) – o descobrem e fazem o possível para esfregar a realidade na cara do artista Oscar Diggs (James Franco).

Convencido a seguir seus objetivos e não cometer os erros do passado, o mágico fica atento para só manter ao seu lado quem é bom. E assim, com muita ilusão, se transforma no poderoso Mágico de Oz, e em uma homem de melhor índole também.

Será? ;)

Enquanto o filme não vem, tire suas conclusões aqui no trailer dublado:

Ou se preferir, liga o cérebro no inglês e dá o play no link abaixo:

Por aqui, continuamos com aquele desejo de “vem bem, 2013!” :)

Anúncios

Disney Female Zombie

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Via http://clocktowerman.tumblr.com/

Frankenweenie, de Tim Burton

Quando você ler por ai que “o Tim Burton fez uma NOVA versão para o Frankenstein” você por gentileza, grite “é mentira!

Seguinte, gente: (o cara não nasceu sabendo, então) Era uma vez Tim Burton, em 1984, estudante do Instituto de Artes da California, que gravou em curta metragem uma paródia do Frankenstein original, de 1931, para uma trabalho da faculdade. Sua obra não agradou os professores, mas o cara tinha um certo respeito lá, porque ele era aprendiz júnior em animação de uma empresa que pagava seus estudos. A empresa chamava… hum, como é mesmo o nome? Ah, Walt Disney Company.

Bom, pelo que eu li, mesmo com essa moral toda, a animação feita pelo jovem Burton foi tão ruim que ele foi demitido .(O.o). Segundo a Walt Disney “não vale a pena investir em alguém que após esse tempo todo de estudos, faça algo como ‘Frankenweenie’ – considerado baixo, assustador e inadequado para a época.” Ui Disney, sua braba!!

Só que… “Pé na bunda é impulso” já dizia alguém por aí :) E saindo da Disney, o tal do Burton fez uns acertos pela vida, como “As Grandes Aventuras de Pee-wee“, “Beetlejuice“, “Edward Mãos-de-Tesoura“, “O Estranho Mundo de Jack“, “A Noiva-Cadáver” e enfim várias outras mega obras únicas. O importante é que agora, três décadas depois, a Disney paga a língua ao recuperar Frankenweenie e lançá-lo em stopmotion. Há!

Calma, Tim Burton e a Walt Disney Company são amigos. Tá aí a última obra dessa parceria, Alice no País das Maravilhas, que não me deixa mentir!

Bom, em Frankenweenie, o pequeno Victor utiliza um raio para ressuscitar seu melhor amigo, o cãozinho Sparky. Acontece que a ressurreição veio em forma de monstro, haha. Ele tenta esconder sua cria, mas quando Sparky foge de casa toda a cidade entra em pânico.

Agora é espera Outubro pra essa belezura sair no cinema e ver os monstrinhos Johnny Deep, Helena Bonham Carter e Michelle Pfeiffer by o magnífico Tim Burton! Ou enquanto isso, interage com o site do filme :)

Ai claro!! O trailer de Frankenweenie:

Mary Blair deu vida a personagens da Disney

Hoje, 21 de outubro de 2011, Mary Blair comemoraria seu centésimo aniversário.

Mas afinal, quem é Mary Blair? Não se preocupe, eu também não sabia até poucos minutos. E como fiquei sabendo? Entrando na página inicial do Sr. Google!

O Doodle de hoje é em homenagem a ela. Cliquei lá e vi que Mary Blair nada mais foi do que uma das lendárias artistas da Disney.

Com doçura desenhava e com cores expressava. Fez artes que inspiraram muitos desenhos que marcaram a infância de milhares de pessoas, como o psicodélico “Fantasia”, o fantástico mundo de “Alice no País das Maravilhas”, a pureza de “Cinderela”, o sonhador “Peter Pan” e outros tantos clássicos da Disney.

Fiquei feliz em poder conhece-la Sra. Mary Blair!

P.S. Esse blog tem mais detalhes da vida dela, foi lá e na enciclopédia livre que fiquei conhecendo a vida dela :)

Remake de O Mágico de Oz

Robert Zemeckis já dirigiu filmes adorados por grandes amantes do cinema, como a trilogia do De Volta Para o Futuro, Uma Cilada Para Roger Rabbit, A Morte Lhe Cai Bem, Forrest Gump, Náufrago, O Expresso Polar, Beowulf e por aí vai.


Agora imagine o cara fazendo um remake de O Mágico de Oz, um dos clássicos da indústria cinematográfica, filmado pela primeira vez em 1939.

Pois então, é isso que irá acontecer!

O filme original tem a produção da MGM, mas é a Warner que tem os direitos sobre o roteiro, e pelo menos por enquanto planeja usá-lo originalmente, sem adaptações e versões atualizadas.

Acredita-se que esta ideia tenha como intuito “competir” com a Disney, que produzirá o Oz, The Great and Powerful, um tipo de seqüência do filme que conta a história de um jovem chegando a Oz e como ele se tornou Mágico. Este filme será dirigido por Sam Raimi, que tem no currículo os três filmes do Homem Aranha.

Nos últimos tempos muitos filmes têm ganhado refilmagens, alguns criticam, outros apóiam. Admito que alguns destes remakes tem deixado a desejar, algumas adaptações desmoronam alguns clássicos e nos deixam frustrados, mas pela filmografia do Robert Zemeckis, vou apostar algumas fichas!