Frankenweenie, de Tim Burton

Quando você ler por ai que “o Tim Burton fez uma NOVA versão para o Frankenstein” você por gentileza, grite “é mentira!

Seguinte, gente: (o cara não nasceu sabendo, então) Era uma vez Tim Burton, em 1984, estudante do Instituto de Artes da California, que gravou em curta metragem uma paródia do Frankenstein original, de 1931, para uma trabalho da faculdade. Sua obra não agradou os professores, mas o cara tinha um certo respeito lá, porque ele era aprendiz júnior em animação de uma empresa que pagava seus estudos. A empresa chamava… hum, como é mesmo o nome? Ah, Walt Disney Company.

Bom, pelo que eu li, mesmo com essa moral toda, a animação feita pelo jovem Burton foi tão ruim que ele foi demitido .(O.o). Segundo a Walt Disney “não vale a pena investir em alguém que após esse tempo todo de estudos, faça algo como ‘Frankenweenie’ – considerado baixo, assustador e inadequado para a época.” Ui Disney, sua braba!!

Só que… “Pé na bunda é impulso” já dizia alguém por aí :) E saindo da Disney, o tal do Burton fez uns acertos pela vida, como “As Grandes Aventuras de Pee-wee“, “Beetlejuice“, “Edward Mãos-de-Tesoura“, “O Estranho Mundo de Jack“, “A Noiva-Cadáver” e enfim várias outras mega obras únicas. O importante é que agora, três décadas depois, a Disney paga a língua ao recuperar Frankenweenie e lançá-lo em stopmotion. Há!

Calma, Tim Burton e a Walt Disney Company são amigos. Tá aí a última obra dessa parceria, Alice no País das Maravilhas, que não me deixa mentir!

Bom, em Frankenweenie, o pequeno Victor utiliza um raio para ressuscitar seu melhor amigo, o cãozinho Sparky. Acontece que a ressurreição veio em forma de monstro, haha. Ele tenta esconder sua cria, mas quando Sparky foge de casa toda a cidade entra em pânico.

Agora é espera Outubro pra essa belezura sair no cinema e ver os monstrinhos Johnny Deep, Helena Bonham Carter e Michelle Pfeiffer by o magnífico Tim Burton! Ou enquanto isso, interage com o site do filme :)

Ai claro!! O trailer de Frankenweenie:

Filmmaker of the Month Brasil

Olá você com uma câmera profissional na mão! Ok, aspirantes a videomakers também, oi! :)

Você conhece o projeto ““Filmmaker of the Month Brasil”?? Então vem cá que o Infutilidades te apresenta:

Como diz no próprio site do projeto: O “Filmmaker of the Month Brasil”  foi uma iniciativa da Poptent Brasil para recrutar, incentivar e promover os filmmakers brasileiros. O país é conhecido internacionalmente por exportar profissionais talentosos, criativos e inovadores (yeah!), e a Poptent tem como um de seus objetivos promover o encontro destes promissores filmmakers com grandes marcas globais.

Adorei a idéia! Afinal, que filmmaker se dá bem mofando em casa, não é mesmo? Onde esse ser humano vai encontrar referências, desenvolver a sua criatividade, conhecer outros mundos, trocar experiências, conversar com outros profissionais da área, experimentar lentes, luzes, cores, efeitos, etc, etc? Se você respondeu ‘na internet’, na boa, vai viver, amiguinho!

Bom, ainda citando o site do projeto, através de projetos de cocriação, que resultam na criação de diversos tipos de conteúdo audiovisual, os filmmakers podem produzir vídeos para grandes marcas, explorando sua independência criativa, além de correr o risco de ver seu trabalho sendo exibido para milhões de pessoas no mundo todo, como o intervalo do Super Bowl, que foi assistido este ano por mais de 110 milhões de americanos! E claro, os filmmakers são pagos (fuckyeah$$) diretamente pelas marcas pelos vídeos escolhidos para suas campanhas.

Fiquei sabendo que o próximo é Skol hein!

Se interessou? Então primeiro conheça os finalistas do projeto: Davu3DFXRafael LongoAlex KunderaRafael Saar,Pedro MagalhãesBruno BockCafundóHudson ViannaNimboos e Dacio Pinheiro (clica no nome de cada sortudo pra ver a obra filmada em sua autoria tá) E pra participar, clica aqui e boa sorte ó!

Aliás, o grande vencedor desta primeira edição do projeto foi o Dácio Pinheiro clap, clap, clap, clap!

Orgulho, Brasil!

Os 100 melhores de arte urbana 2011

Arte Urbana <3

Essa coisa linda que os talentosos criativos fazem e a gente tanto admira. Tá bom, street art para os modernês :)

Nem vem falar que é vandalismo.  Vandalismo é o que você faz com você mesmo por ter cabeça fechada, rs… Arte urbana também não é só  graffiti. Essa modalidade compreende pinturas, estátuas vivas, músicos, malabaristas, palhaços, teatros e qualquer outra manifestação artística pública.

Dai, um site chamado Street Arte Utopia fez um compilado das 100 melhores pinturas e em intervenções urbanas de 2011 e o Infutilidades é tão legal que trouxe tudo pra cá. Enjoy! (Ali no link tem mais pinturas todas e as especificações dos artistas, é só clicar!)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ai gente, já vi isso na interwebs. Tá bom, amiguê! Superando as suas expectativas então, com a ajuda do blog Araka, o Infutilidades traz também os 100 melhores vídeos de intervenções urbanas de 2011, há! (o mesmo, clica no link que tem tudo)

Clica aqui e assiste porque são muitos! :)

Deliciem-se visualmente e boa semana, galera!

Todas as capas dos Beatles em 30 segundos

Todas as capas aí pra divulgar a venda dos discos dos Beatles no iTunes.

Ficou bacaninha a animação!

Manifesto dos sentidos

Vídeo de uma nova marca no mercado, a Pluii.
Não conheço os produtos ainda, mas achei que eles começaram com o pé direito com esse vídeo fofo.

Tenham um lindo fim de semana =)

Depois de Caetano, Chico canta Criolo

No mês passado Criolo subiu ao palco do VMB para cantar “Não Existe Amor em SP” com Caetano Veloso.

Vi toda a premiação pelo stream (tosco) da MTV. Ao lado do vídeo, a cada vez que o nome de Criolo era citado, comentários vindos de centenas de perfis de Facebooks alheios pipocavam expressões que nem sei como classificá-las. Dos tipos: “iecati”, “quem é esse criolo????”, “aaaaafffffff”, “credo, rap”, “((**&__##..))”, “não creioooooo”, “nuooossaaa, prefiro CW7”, entre outros tão “concisos” comentários. Uma lástima.

Aqui, os dois no VMB:

Já tive muito mais admiração por Caetano, mas entre algumas cagadas que ele tem feito, gostei de vê-lo com Criolo!

E o Chico? Ai, o Chico! No show de estreia de sua nova turnê, feito em Minas Gerais neste sábado (05/11), Chico cantou o trecho da versão de “Cálice” que Criolo fez no ano passado. Uma homenagem agradecendo outra homenagem.

Aqui, a versão que Criolo fez:

Aqui, o trecho que Chico fez:

“Era como se o camarada dissesse: Bem-vindo ao clube, Chicão, bem-vindo ao clube. Valeu, Criolo Doido! Evoé, jovem artista. Palmas pro refrão do rapper paulista. Pai, afasta de mim a biqueira/ afasta de mim as ‘biate’/ afasta de mim a ‘cocaine’/ pois na quebrada escorre sangue”.

Bonito!

Abertura humana dos Simpsons

Gosta dos Simpsons? Alguém resolveu mostrar para o mundo como seria a família amarela com cabelo azul no mundo real.